Titãs reciclam, em versão acústica, canção romântica de esquecível álbum lançado há dez anos pelo grupo42860

Disco 'Sacos plásticos' volta em edição digital no embalo do single 'Porque eu sei que é amor'.

 A rigor, os Titãs deveriam deixar o álbum Sacos plásticos (2009) esquecido no fundo da memória fonográfica do Brasil. No entanto, uma década depois, o grupo se lembra duplamente deste disco anêmico em que aderiu ao som padronizado do produtor musical Rick Bonadio.

Titãs reciclam, em versão acústica,  canção romântica de esquecível álbum lançado há dez anos pelo grupo

Após dez anos, os Titãs relançam Sacos plásticos em edição digital – programada para chegar às plataformas de áudio na sexta-feira, 14 de junho – e reciclam uma das músicas do irregular repertório do álbum.

Reapresentada hoje em gravação inédita feita com a voz de Sergio Britto, a balada romântica Porque eu sei que é amor aporta neste 12 de junho em single de tom acústico.

A bem da verdade, a canção – composta por Britto em parceria com Paulo Miklos, vocalista da gravação original de 2009 – é uma das poucas que se salvaram na safra autoral de Sacos plásticos (e Rick Bonadio, cabe ressaltar, não pode ser responsabilizado pela falta de inspiração da banda naquele momento).

Só que, em essência, o registro original já era predominantemente acústico. Para quem não lembra, Porque eu sei que é amor é uma das poucas faixas do álbum Sacos plásticos que ganharam forma no estúdio sem a presença dos teclados e programações de Bonadio.

A balada ressurge dez anos depois no tom do show acústico que vem sendo apresentado por Sergio Britto, Tony Bellotto e Branco Mello – os três Titãs remanescentes da formação clássica da banda nos anos 1980 – em turnê pelo Brasil.

O trio aproveita o gancho do Dia dos Namorados para lançar a versão acústica de Porque eu sei que é amor.

Fonte: Por Mauro Ferreira / G1