Em competição nacional, paraibanos apresentam carro off-road com aceleração sem cabo de aço

Estado será representado por três equipes na 20ª Competição Baja Sae Brasil – Petrobras, que acontece entre os dias 13 e 16 de março

Em competição nacional, paraibanos apresentam carro off-road com aceleração sem cabo de aço

Estudantes de engenharia da Paraíba participam entre os dias 13 e 16 de março da 20ª Competição Baja Sae Brasil – Petrobras. A competição será realizada no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), em Piracicaba, interior de São Paulo.

Imagem Ilustrativa

Formada por 11 alunos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), a equipe Bajampa levará para a competição veículo que tem como diferencial o uso de aceleração sem cabo de aço.

“No pedal há um sensor que indica a posição do carro e no motor o governador é manipulado por um servo-motor. Também usamos estrutura geométrica reduzida o que permitiu o uso de menos tubos e consequentemente a redução do peso do carro”, explica João Antônio da Silva Neto, aluno do 5º período de Automação Industrial.

Estudantes da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Federal de Campina Grande também inscreveram projetos. Ao todo, a competição reunirá 72 equipes, que somam cerca de mil estudantes de engenharia de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal.

“A introdução de novas tecnologias e sua aplicação sistêmica em benefício da sociedade é a filosofia que norteia as competições de engenharia da Se Brasil, com as quais visamos estimular os estudantes para a inovação e ajudá-los na qualificação exigida pela indústria”, destaca o engenheiro Ricardo Reimer, presidente da Sae Brasil.

A região Nordeste é a segunda em número de equipes inscritas. As equipes nordestinas têm apresentado crescente nível técnico e organização, itens essenciais ao Projeto Baja SAE. Exemplos são as equipes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), bicampeã brasileira e campeã mundial, e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), vice-campeã brasileira e sempre entre as 10 primeiras equipes colocadas nos últimos anos.

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias com Assessoria