Acidente entre carro e caminhão mata diamantense e mais três pessoas43546

O motorista que provocou o acidente, fugiu sem prestar socorro, segundo o boletim de ocorrência.

Um acidente envolvendo um carro e um caminhão no km 49 da Rodovia Raposo Tavares, na Grande São Paulo, deixou quatro mortos e um ferido na tarde de sábado (13).

Conforme informações preliminares repassadas pelo blogueiro Cássio Fotografias, as vítimas são dois adultos — dentre eles um diamantense identificado apenas por Enoque, irmão de Iracema Rodrigues — e duas crianças.

A quinta vítima conseguiu sair das ferragens com 20% do corpo queimado. O acidente ocorreu na região da cidade de São Roque, no sentido São Paulo, e, segundo a CCR Viaoeste, um congestionamento de um quilômetro se formou perto do acidente.

O motorista que provocou o acidente, fugiu sem prestar socorro, segundo o boletim de ocorrência.

Segundo o B.O., a sobrevivente contou aos policiais que um carro bateu no veículo em que ela estava com outras quatro pessoas, o que fez com que o carro explodisse e pegasse fogo.

Em seguida, de acordo com a mulher, o veículo dela acabou colidindo com a traseira de um caminhão, que estava carregado e trafegava em baixa velocidade. Um segundo caminhão também foi atingido pelo carro tomado pelas chamas.

O motorista de um dos caminhões envolvidos contou à polícia que o carro ficou grudado na traseira do veículo por cerca de 10 metros até que ele decidiu parar para socorrer as vítimas.

O boletim de ocorrência diz ainda que, com as características passadas pela sobrevivente, os policiais conseguiram encontrar o carro que provocou o acidente. O motorista foi abordado e, no momento em que seria levado para a delegacia, fugiu. Ele será investigado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente foi registrado na altura do quilômetro 49. Segundo a CCR ViaOeste, concessionária responsável pelo trecho, um congestionamento de um quilômetro se formou próximo ao acidente.

A sobrevivente, que ficou presa nas ferragens e teve 20% do corpo queimado, foi levada para o Hospital Regional de Cotia (SP). Ela tem 36 anos e é filha de uma das vítimas. O estado de saúde dela não foi divulgado. 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias com G1