Ricardo lançará Observatório com partidos de oposição a Bolsonaro40634

Segundo o socialista, o “Observatório da Democracia” será formalizado com o apoio do PCdoB, PSOL, PDT, PROS e Solidariedade com o intuito de debater questões que estão ligadas ao país.

A frente da Fundação João Mangabeira, que é braço direito da Executiva Nacional do PSB, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) lançará, ainda neste mês, um estudo com diretrizes conjuntas com outros partidos que fazem oposição ao governo Jair Bolsonaro (PLS).

Segundo o socialista, o “Observatório da Democracia” será formalizado com o apoio do PCdoB, PSOL, PDT, PROS e Solidariedade com o intuito de debater questões que estão ligadas ao país. “Nós queremos que o Brasil olhe para frente”, resume o socialista.

Mesmo com o cargo de presidente da Fundação nacional do PSB, Ricardo não se autodeclara liderança. “Isso não se impõe, se conquista. Porque quando ela é importa, ela cai. Eu pretendo expor minhas ideias, que já são públicas. Eu acho que o Brasil precisa sair de uma situação profundamente incomodante, principalmente com os excluídos. Independente do cargo que eu esteja, me sinto desta forma. Minha intenção é cumprir esse papel”, disse.

Avaliação do governo João Azevêdo

Principal cabo eleitoral do ainda ex-secretário João Azevêdo (PSB) na disputa pelo governo do Estado em 2018, Ricardo Coutinho avalia como positivo os primeiros dias de João como governador da Paraíba. “Eu acho que ele está no caminho correto, fazendo e dando continuidade nas coisas. Está acontecendo aquilo que a gente queria que acontecesse”, disse. 

Fonte: MaisPB