Prefeitura de Pedra Branca envia à Câmara projeto para construção de usina de energia solar50754

O município poderá ter economia de mais de R$ 4 milhões em 25 anos.

No dia do meio ambiente, 5 de junho, a prefeitura de Pedra Branca enviou à Câmara Municipal um Projeto de Lei que autoriza firmar operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal para construção de usina de energia solar fotovoltaica e substituição da iluminação pública convencional por leds.

O projeto é um investimento de R$ 2,6 milhões e é autofinanciável, já que o valor economizado na conta de energia de toda a estrutura municipal será praticamente o mesmo a ser pago para operação pelo período de 8 anos.

Com isso, o município poderá ter uma economia nos próximos 25 anos de mais de R$ 4 milhões, que poderão ser investidos em outras ações para a cidade, podendo até mesmo acabar a cobrança da taxa de iluminação pública, facilitando a vida da população. Além disso, há o fato da energia solar ser uma energia limpa, produzida de forma sustentável, sem poluir o meio ambiente.

Vários municípios brasileiros pleitearam a operação, e Pedra Branca foi uma das poucas cidades aprovadas nas duas primeiras análises.

Para o prefeito Allan Bastos, o projeto é de muita importância para a cidade e para a economia do povo.

“Seguiremos buscando aprovação para que a nossa cidade possa dar mais esse exemplo de economia e sustentabilidade valorizando o dinheiro do povo e trazendo desenvolvimento. Continuamos tomando todas as medidas possíveis para prevenir e amenizar os efeitos do Covid-19 na nossa cidade. E ao mesmo tempo, trabalhamos buscando melhorar a infraestrutura, a qualidade de vida e os serviços prestados a população”, disse o gestor.

Fonte: Diamante Online