Em 2018 na Paraíba, quase mil idosos denunciaram maus-tratos44547

As ligações representam 2,46% dos dados de todo o Brasil, que teve um total de 37.454 denúncias.

 O Disque 100 registrou 923 ligações na Paraíba por maus-tratos a idosos durante o ano de 2018, conforme levantamento apresentado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH). As ligações representam 2,46% dos dados de todo o Brasil, que teve um total de 37.454 denúncias.

Resultado de imagem para Em 2018 na PB, quase mil idosos denunciar maus-tratos

O abuso financeiro, a negligência e a violência psicológica e física lideram as ocorrências na Paraíba, enquanto casos de trabalho escravo, tráfico de pessoas, direito à memória e à verdade e violência sexual são quase zero. As vítimas, na maioria, são mulheres com mais de 76 anos.

O maior abuso financeiro é a retenção de salário, já as violências psicológicas, conforme o relatório aponta, são marcadas por hostilização e humilhação. O número de 923 denúncias é maior que dos últimos dois anos, mas o número já chegou a 1077 em 2013.

Em todo o país, a população de idosos saltou 19,5%, de 25,4 milhões para mais de 30,2 milhões de pessoas, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2012 e 2017. . No mesmo período, o número de homens e mulheres com 60 anos ou mais nos albergues públicos cresceu 33%, de 45,8 mil para 60,8 mil.

O Disque 100 pode ser considerado como “pronto socorro” dos direitos humanos. Ele atende situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes e possibilitando o flagrante.

 

Fonte: MaisPB