Diretor executivo do SP Crystal, Eduardo Araújo morre aos 33 anos, na PB: ‘Grande liderança’51155

Advogado estava internado desde o início do mês em um hospital de João Pessoa e faleceu neste domingo (18) por uma pneumonia em decorrência da Covid-19, diz irmão.

Diretor executivo do SP Crystal, Eduardo Araújo morre aos 33 anos por Covid-19, na PB — Foto: Cisco Nobre/GloboEsporte.com

O diretor executivo do São Paulo Crystal, Eduardo Araújo de 33 anos, morreu por uma pneumonia em decorrência da Covid-19, neste domingo (28), em João Pessoa. As informações foram confirmadas pelo irmão dele, Rodolfo Lamenha.

O paciente estava internado há mais de 20 dias em um hospital particular de João Pessoa. Após instabilidades no quadro de saúde, ele não resistiu e faleceu no começo da tarde deste domingo.

Eduardo desempenhava o cargo de diretor executivo do São Paulo Crystal, time de Cruz do Espírito Santo, município da Região Metropolitana de João Pessoa. Ele foi um dos responsáveis por colocar o clube na elite do futebol paraibano.

O presidente do clube, Múcio Carlos, que convivia com Eduardo quase que diariamente, lembrou do quanto se sentiu inspirado quando o conheceu há quase três anos. O dirigente ajudou a dar forma ao projeto de transformar a antiga escolinha de futebol em time.

“Eu vi nele uma pessoa para confiar", reforçou.

Múcio revelou também um pouco do comportamento do colega de trabalho e amigo. Disse que que ele era uma figura querida por todos os membros do time.

“Ele era uma pessoa amiga e tinha visão. Ele era muito espontâneo, todo mundo gostava dele. Ele se identificava com os atletas e os atletas com ele. Ele tinha jeito com eles [atletas] se entendiam, eles cumpriam as exigências dele com satisfação. Ele dava o exemplo, era uma grande liderança”, destacou Múcio.

Formado em direito, o dirigente passou pelo Auto Esporte e Internacional-PB. Ele também exerceu um cargo na Federação Paraibana de Futebol (FPF).

De acordo com o irmão de Eduardo, Rodolfo Lamenha, o velório dele deve acontecer por volta das 16h da segunda-feira (29), no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa. Uma cerimônia rápida será realizada para família, que cumprirá os protocolos de prevenção ao contágio da Covid-19.

Fonte: G1