Brasil e Paraguai assinam acordo automotivo de livre comércio 48262

Pelas regras, produtos paraguaios já têm tarifa zero imediatamente e brasileiros tarifas entre zero e 2% com liberação total até 2022

O Brasil e o Paraguai assinaram nesta terça-feira (11) o acordo de livre comércio automotivo que havia sido firmado em dezembro, na Cúpula do Mercosul em Bento Gonçalves (RS). Pelo acordo, os produtos automotivos, peças e veículos, serão vendidos entre os dois países com tarifas mínimas ou zeradas. 

Segundo os ministérios da Economia e das Relações Exteriores, em comunicado, o texto prevê livre comércio imediato para os produtos automotivos paraguaios no Brasil. Já os produtos brasileiros serão taxados no Paraguai em até 2%, com liberação total do comércio até 2022. 

O acordo deve elevar as vendas da indústria brasileira para o Mercosul, que sofre com a redução das compras argentinas em função da crise no país. Texto semelhante foi assinado com Argentina, mas com livre comércio apenas a partir de 2029.

As novas regras valem por prazo indeterminado ou até a adequação do setor automotivo ao regime geral do Mercosul. 

Fonte: Thiago Nolasco, da Record TV, com Mariana Londres