Vale do Piancó

12/07/2018 - 10:41:15

Viagem da agonia: passageira conta os momentos de aflição durante assalto a Van de Itaporanga

Ao chegarem a um local deserto, os criminosos, que estavam armados com revólver e espingarda, supostamente uma calibre 12

Autor: Redação do Portal

Apesar das diligências policiais nas últimas 24 horas, a Van de passageiros tomada por assalto no começo da manhã desta quarta-feira, 11, ainda não foi encontrada. O proprietário do carro, Damião Rodrigues de Sousa Nunes, de 52 anos, conhecido como Bião, que faz a linha Itaporanga/Cajazeiras, está apreensivo pelo prejuízo que sofreu e ainda abalado emocionalmente, assim como os passageiros, entre os quais crianças, que estavam no veículo. Eles também tiveram pertences e dinheiro levados pelos criminosos. Foram momentos de pânico.

Eram nove passageiros que estavam no carro, entre os quais duas crianças. A mãe de um dos meninos, uma mulher de 32 anos, que iria para Cajazeiras. Ainda visivelmente assustada, ela conta que os dois homens entraram no carro nas proximidades do hospital, mas ninguém desconfiou de nada. “A gente pensava que eram passageiros, mas perto de Boa Ventura (sítio Castelo), eles anunciaram o assalto e mandaram o motorista entrar em uma estrada de terra: foi um momento de aflição e desespero”, contou a vítima.

Ao chegarem a um local deserto, os criminosos, que estavam armados com revólver e espingarda, supostamente uma calibre 12, mandaram o motorista parar e todos foram obrigados a descer sob a mira de armas. “Eles amarraram todo mundo com um fio que tinham, só não as duas crianças, que ficaram muito aperreadas com a situação”, contou a vítima, que ficou sem os documentos pessoais e o registro de nascimento dos filhos. Roupas da família, um tablete e 80 reais também foram levados pela dupla.

Os criminosos levaram bolsas, carteiras, celulares e outros pertences dos passageiros e motorista, que também ficou sem o veículo. Quando os dois homens, que estavam de cara limpa e aparentavam serem jovens, fugiram, um dos passageiros, que carregava um punhal no bolso, conseguiu pegá-lo e libertou todos os passageiros. Todos foram para pista e ficaram abrigados em um posto de combustível até a chegada da policia. 

Fonte: Folha do Vale