Conceição-PB

14/03/2019 - 06:47:21

Tenente da PM do CE diz que há intercâmbio comercial de “motos de estouro” entre Mauriti e Conceição

A afirmação foi feita depois que ele comandou uma operação, que resultou em diversas motos sem placas ou sem documentos, na última segunda-feira (11), na cidade de Mauriti.

Autor: Redação do portal

O tenente Alcebíades Brasil, comandante do Destacamento de Polícia Militar de Mauriti Ceará, disse, nesta quarta-feira (13), que existe um intercâmbio comercial de “motos de estouro” entre a cidade cearense e Conceição, no estado da Paraíba. A afirmação foi feita depois que ele comandou uma operação, que resultou em diversas motos sem placas ou sem documentos, na última segunda-feira (11), na cidade de Mauriti.

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

De acordo com o Tenente, as motos, em sua grande maioria, não tinham placas e não foi possível identificar os verdadeiros proprietários dos veículos. Para a autoridade policial, a comercialização de motos sem documentos abre caminhos para outros crimes, entre os dois estados pela aproximação existente eles. “Existe uma estreita ligação comercial de ilicitudes entre os dois estados por essa região”, acrescentou.

Ainda segundo informou o tenente, o grande número de veículo circulando sem placas tem dificultado o trabalho da polícia na elucidação de pequenos crimes, a exemplo de vários assaltos que têm ocorrido no município de Mauriti.

“Nenhum dos veículos apreendidos tem proprietário certo. Os veículos estavam rodando aqui em Mauriti ‘muito à vontade’. São ‘motos de estouro’, que a gente não bem quem são os donos”, explicou o tenente, que complementou: “Isso tem dificultado nosso trabalho no momento de inibir o roubo, o furto e até mesmo o número de assaltos, que ultimamente tem sido grande aqui na nossa região”, finalizou.

PM apreende 19 motos, a maioria sem placa e documento, em Mauriti-CE

Polícia Militar apreendeu várias motos sem placas na cidade de Mauriti-CE, nesta segunda-feira (11). Ao todo foram apreendidas 19 motocicletas, a grande maioria sem placas.
 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias