Política

20/04/2017 - 08:11:27

Procuradores pedem que Claudia Cruz cumpra regime fechado

MPF afirma que mulher de Cunha foi beneficiária do esquema de corrupção ao manter conta no exterior abastecida com dinheiro de propina

Autor: Redação do Portal

 Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba pediram ao juiz Sergio Moro que a jornalista Claudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), seja condenada por evasão de divisas e lavagem de dinheiro e cumpra a pena, inicialmente, em regime fechado.

 

Em documento protocolado na 13ª Vara Criminal da Justiça Federal do Paraná, o Ministério Público Federal sustenta que ela foi beneficiária do esquema de corrupção da Petrobras ao manter conta no exterior abastecida com dinheiro de propina.

Também afirmam que a jornalista usou os valores para comprar artigos de luxo nos Estados Unidos, nos Emirados Árabes e na Europa, além de pagar despesas familiares.

"É claro que Claudia Cruz, pessoa bem esclarecida, sempre teve conhecimento de que o salário de Eduardo Cunha, como servidor público, jamais seria capaz de manter o elevado padrão de vida por eles mantido", diz a manifestação dos procuradores.

Claudia Cruz não foi simples usuária dos valores, mas coautora de Eduardo Cunha em lavar os ativos mediante a manutenção de conta oculta com os valores espúrios, cuja abertura foi assinada por ela, bem como por converter os ativos criminosos em de bens e serviços de altíssimo padrão".

Além da condenação, também é solicitado que Claudia pague uma multa de aproximadamente US$ 2 milhões.

A Procuradoria listou os gastos que a mulher de Cunha fez em lojas no exterior e também mostrou que ela manteve, entre 2009 e 2014, quantias não declaradas no exterior em valores superiores a US$ 100 mil.

Procurada, a defesa de Claudia Cruz ainda não se manifestou.

No mesmo documento, protocolado nesta terça (18), é pedida a condenação do lobista João Augusto Henriques, do ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada e do empresário português Idalécio Rodrigues de Oliveira.

Eduardo Cunha foi condenado em março por pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas. Ele nega os crimes e recorreu da sentença. Com informações da Folhapress.

Fonte: Notícias ao Minuto