Policial

07/11/2018 - 08:18:25

Grupo é preso suspeito de clonagem de carros e roubos a bancos, na PB

Suspeitos iriam agir nesta quarta-feira (7) em um ataque a uma agência dos Correios, em Sumé.

Autor: Redação do Portal

Sete pessoas foram presas na noite desta terça-feira (6) suspeitas de clonagem de carros e roubos a bancos na Paraíba. A prisão aconteceu no município de Bayeux e, com o grupo, a polícia apreendeu quatro armas, drogas, munições e uma farda da Polícia Militar. A suspeita da polícia é que o grupo estaria se preparando para um ataque a agência dos Correios da cidade de Sumé.

Polícia apreendeu armas, documentos, munições, drogas e fardamento da PM — Foto: Major Túlio Ramalho/4ª CIPM/Arquivo

A Polícia Militar chegou até o grupo depois de parar um carro que passava no Centro de Bayeux. Após perseguição, foi constatado que o carro era clonado e que dentro dele estava o documento de uma moto também roubada. Os suspeitos informaram à PM que iriam buscar essa moto em Bayeux. No local, outra pessoa foi presa.

Entre os detidos estão dois homens de 32 e 38 anos, que são foragidos da Penitenciária de Segurança Média de João Pessoa. Outro homem é do estado de Pernambuco e foragido do Rio Grande do Norte por tráfico de droga. As munições, armas e o fardamento da PM foram encontrados no apartamento dele.

“O grupo estaria planejando um assalto aos correios da cidade de Sumé e também o ataque a uma das agências bancárias de Bayeux, conforme informações que recebemos. Isso tudo foi repassado para a Polícia Civil, que vai investigar a participação deles em outros crimes, não só na Paraíba, como em outros estados”, destacou o major Túlio Ramalho, comandante da 4ª Companhia Independente da PM.

Os presos foram identificados como Jonatas Mota de Oliveira, de 22 anos, Deoclécio do Nascimento Gomes, de 32, Jessele Christine Xavier de Queiroz, de 34 anos, Israel de Lima Silva, de 22, Everton Monteiro Rodrigues de Sousa, de 21, Jefferson Alex Soares Santiago,de 28 e Anderson de Lima Silva Fonseca, de 37. Todos foram encaminhados para a Central de Polícia Civil, em João Pessoa.

 

Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias com G1