Policial

05/07/2019 - 00:42:57

Em 2018, 771 pessoas morreram por AVC na Paraíba

O coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Saúde e promotor Raniere da Silva Dantas, vê a necessidade de uma campanha educativa para que a população possa reconhecer os sinais do AVC

Autor: Da Redação

 Em 2018, 771 pessoas morreram vítimas de acidente cerebral vascular (AVC) na Paraíba e por dia, dois vão a óbito por esse mal, no estado. Os dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) e tema de debate entre o Ministério Público da Paraíba e a Secretaria de Saúde do Estado, que se reuniram na quarta-feira (03).

De acordo com o MPPB , está sendo articulado com a Secretaria a organização da rede de atendimento a vítimas de acidente cerebral vascular (AVC) na Paraíba. O órgão vê problemas na organização do fluxo e do atendimento das vítimas, principalmente, nas cidades do interior.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Saúde e promotor Raniere da Silva Dantas, vê a necessidade de uma campanha educativa para que a população possa reconhecer os sinais do AVC.

“Vamos mobilizar as secretarias de Saúde de João Pessoa e Campina Grande, inicialmente, para a participação do Samu e, também, garantir que a medicação esteja disponíveis em outras cidades como Patos, Sousa, Cajazeiras e Monteiro”, explicou o promotor.

Em 2017, 820 pessoas morreram no estado pelo mesmo acidente, número menor que às ocorrências de AVC que resultaram em óbito em 2016, quando 970 não resistiram.

Na reunião, foi feito encaminhamento para disponibilidade da trombólise química (trombolítico) em cidades-polos da Paraíba, além da campanha educativa sobre sintomas do AVC e o que fazer diante deles. A capacitação dos médicos também foi abordada além dos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa e Campina Grande.

 

Fonte: MaisPB