Cinema

07/03/2016 - 00:12:58

Cineasta paraibano é finalista em concurso nacional de videoclipes

Para construção do clipe, o cineasta utilizou de amigos e alguns colaboradores. Além da atriz Joana Marques e do ator Leudo Lima, estão no elenco algumas mulheres do município.

Autor: Redação do Portal

Apresentando uma temática que propõe um basta na violência contra as mulheres, algo ainda muito presente no País, o videoclipe intitulado ‘Chega’, do cineasta paraibano Kennel Rógis, está na final do Concurso Nacional de Videoclipes do Festival de Clipes e Bandas, edição 2016. Ao todo, estão sendo avaliados online e por uma banca de jurados, 17 clipes finalistas na categoria de clipe de artista convidado. As votações prosseguirão até esta quarta-feira (2), pelo site clipesebandas.com.br. A data da divulgação do resultado ainda não foi definida.

Para votar no clipe do paraibano, basta clicar neste link e estar logado no site, o que pode ser feito pela conta do usuário no Facebook.

“Acho que é um vídeo importante de ser mostrado, um filminho sincero e simples, mas que tem bastante força, por conta do tema”, disse para o jornal A União o cineasta Kennel Rógis.

Além do prêmio do público, que será escolhido através de votação online, o júri composto por Baby do Brasil, BNegão & Seletores de Frequência, Dexter, Jards Macalé e Mart’nália também escolherão prêmios do júri para o vencedor da disputa.

A proposta da disputa consiste em desenvolver um videoclipe de até 3 minutos e 54 segundos usando a música “Chega”, da Mart’nália. Dessa forma, as disputas e construções audiovisuais desenvolvidas pelos participantes tem como objetivo reativar os grandes festivais de música que ocorreram durante os anos 70, agora usando linguagem compatível com os dias de hoje: internet e produção colaborativa.

Além disso, a disputa revela talentos da área musical e de videoclipes, oferecendo prêmios, promovendo shows, fazendo exibições dos novos talentos na TV e em outras mídias, entre outras ações.

Natural de Coremas, Sertão do Estado, Kennel intitulou seu vídeo de “Chega”, o mesmo nome que leva a canção da cantora e atriz Mart’nália. Além disso, seu vídeo é o mais visualizado do site oficial do concurso. Suas filmagens aconteceram na própria cidade de Coremas e teve como local de gravação uma casa antiga da cidade e o Rio Turbina, um ponto turístico.

Com votação aberta, os interessados em ajudar o cineasta na escolha do seu nome no pleito precisam apenas seguir o passo a passo. Primeiramente é preciso entrar no site clipesebandas.com.br, efetuar seu login por meio do facebook e depois procura no site pelo clipe “Chega, Mart’nália”. Depois, é só clicar no curtir e pronto. As votações vão até o dia 2 de março sendo feitas apenas pelo site.

Kennel comentou ainda que, quer muito que esse material ganhe as escolas e instituições para que a discussão e o combate a esse tipo de agressão seja lembrado. “Vivemos num estado onde ainda é muito frequente esse tipo de violência, precisamos dar um “chega”, ressaltou Rógis.

Para construção do clipe, o cineasta utilizou de amigos e alguns colaboradores. Além da atriz Joana Marques e do ator Leudo Lima, estão no elenco algumas mulheres do município.

Como funciona o festival – Você escolhe a música de uma banda disponível no site do Festival e faz um videoclipe. Vale qualquer formato, técnica ou ideia. Só precisa utilizar a música escolhida. Logo após a escolha, o participante envia o vídeo à organização do festival. Lá o vídeo será avaliado e é publicado no site com a nota recebida do comitê de avaliação. Os melhores videoclipes ganham uma série de prêmios descritos nos concursos. As informações são do Jornal A União. 

Fonte: Radar sertanejo Com Paraíba Já