Conceição-PB

10/10/2017 - 05:02:07

Artista escreve sua história de talento fazendo pinturas nos 'quadros da vida', em Conceição

“Eu gostaria de pedir para que as pessoas deem mais valor a cultura, aos artistas da nossa terra, pois aqui tem uma quantidade enorme de artistas. Quero dizer que eu amo esta cidade. Parabéns a minha cidade”, ressaltou o artista.

Autor: Redação do Portal

A história da cidade de Conceição passa também pela história do seu povo, que ao longo dos seus 136 anos de emancipação política ‘bateu cada tijolo’ e construiu a sua história ‘nas moradias da vida’, formando uma árvore genealógica, a partir da sua raiz(fundação) até seus frutos(dias atuais). É uma história de ‘Josés e Marias’, mas também de ‘Chicos e Toinhas’, de Heitor, Valentina, de Júlia, de Arthur e tantos outros nomes, que ao longo da sua história, que começou com João Rodrigues dos Santos, foram se tornando parte de uma gama de nomes, nos cartórios públicos.

Cada família tem sua parcela de contribuição para a formação e desenvolvimento do município, seja na cultura, seja na área da saúde, do esporte, mas acima de tudo na área da economia, onde entra do pequeno produtor rural, que mesmo diante das frequentes secas que assolam o município, têm dado a sua parcela de contribuição para o desenvolvimento do município, nesses seus 134 anos de emancipação política.

São pessoas como o pintor João Germano Pedrosa do Nascimento, que fazem a história da cidade de Conceição, ‘nos muros da vida’, transformando vidas em telas de pinturas e escrevendo a sua própria história em paredes, em quadros de pintura, através do dom, oriundo do Ser Celestial.

Ocupando um pequeno espaço da sua residência, Joãozinho, como é artisticamente conhecido, faz do improviso e da sua mente genial, a forma perfeita para seus inventos, que ganham forma e ganham as ruas e residências da população de Conceição.

No dia em que se comemora o aniversário político da cidade de Conceição, o pintor foi responsável por mais de 80% das pinturas que serão expostas no desfile de todas as escolas públicas e privadas, uma verdadeira exposição em movimentos dos estudantes, atraindo olhares de todo o publico presente.

“Eu gostaria de pedir para que as pessoas deem mais valor a cultura, aos artistas da nossa terra, pois aqui tem uma quantidade enorme de artistas. Quero dizer que eu amo esta cidade. Parabéns a minha cidade”, ressaltou o artista.

A entrevista foi concedida a Fifélis Mangueira para a VPNTV

Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias